quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Pequenos Felinos necessitam de ajuda

Foram encontrados na casa de uma senhora 70 gatos e alguns cães que, caso os vizinhos chamem a polícia, vão todos para abate. Os bebés estão a ser retirados para adopção, as gatas esterilizadas, mas ainda há cerca de 30 gatos adultos, não adoptáveis, que vão ser castrados e soltos em colónias.

O pedido aqui expresso é esse mesmo: SE ALGUÉM PUDER ACOLHÊ-LOS EM COLÓNIAS OU SOUBER QUEM O POSSA FAZER, POR FAVOR COMUNIQUE.

Entretanto, os BEBÉS ESTÃO DISPONÍVEIS PARA ADOPÇÃO (siameses, cinzas, tugas, tricolores,etc).

Contacto: patapouf100@gmail.com

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Plano B em Vila Real

O nosso destino era a Serra do Alvão para uma caminhada de Interpretação Ambiental com os alunos do Colégio D. Duarte, mas as condições meteorológicas assim não o permitiram. Rapidamente tivemos de elaborar um “plano b”, e não fosse a boa vontade e disponibilidade das “gentes” de Vila Real, o assunto poderia ter sido complicado. Felizmente acabamos por visitar o Museu de Geologia e o Museu de Anatomia Animal da UTAD, partindo depois para o centro de Vila Real onde visitamos o Museu da Vila Velha, locais que dados os artefactos e informações que providenciam, merecem uma visita de todos que tenham disponibilidade para a fazer. Fica aqui o agradecimento aos responsáveis dos museus visitados pela amabilidade que evidenciaram e que nos permitiu planear a visita em tão curto espaço de tempo (fotos).

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ribeira de Pena na frente...

Valeu a pena acordar ainda de noite. O Rio Poio cumpriu com todas as expectativas criadas e proporcionou momentos fantásticos (fotos) com todas as suas abruptas cascatas e exuberantes lagoas. Apesar de exigir alguma preparação física e muito à vontade com manobras de cordas, o Rio Poio é, na minha opinião, o mais interactivo de Portugal Continental pois combina uma beleza extrema e selvagem com um grau de dificuldade elevado, dando assim mais ênfase à prática do Canyoning. Tenho orgulho de este cenário ser Português. Tenho orgulho de este cenário ser na terra de onde a minha mãe é natural, Ribeira de Pena! Muito bom…

terça-feira, 15 de junho de 2010

A Opção Rio Âncora

Depois de uma semana nublada e um pouco chuvosa, decidimos, por questões de segurança, mudar de serra, isto é, mudamos o Canyoning no Rio Teixeira (Serra da Freita) para o Rio Âncora (Serra d’Arga). E em boa altura o fizemos… o Rio Âncora estava nas condições ideais para a prática da modalidade pois o caudal, que se encontrava um pouco acima do normal, proporcionou uma pequena quantidade extra de adrenalina, conseguindo-se manter os padrões de segurança exigíveis. O Âncora acabou por ser uma excelente opção, à qual não faltou a visita ao Caçana para degustar algumas das iguarias tradicionais e refrescar a mente com o famoso Champarreão. Para avivar a memória, ficam aqui alguns dos momentos passados e a nota final que estamos em falta com o Rio Teixeira…

segunda-feira, 24 de maio de 2010

"Não há duas sem três"

“Quem corre por gosto não cansa” e as viagens ao Rio Frades são um belo exemplo deste famoso ditado português. A hora já era um pouco tardia, o calor apertava e o caminho até ao inicio do rio começava a custar…o esmorecimento começou a apoderar-se de nós! Felizmente, encontramos a melhor forma de voltar a impulsionar os ânimos…a água fresca, límpida e cristalina do Rio Frades! A alma revigorou-se e o calor e cansaço rapidamente foram esquecidos, sendo substituídos pelo divertimento e sensação de bem-estar. Mais uma vez o Frades “cumpriu o seu dever”, proporcionando-nos momentos de extrema satisfação com as suas belas cascatas e lagoas. Ficam aqui alguns dos momentos vividos e a sensação de que “Não há duas sem três”…

domingo, 16 de maio de 2010

Canyoning no Rio Frades

É com grande satisfação que finalmente iniciamos a época de Canyoning. A meteorologia nos últimos tempos não tinha vindo a "jogar na mesma equipa", mas finalmente fez-se sol e os fatos de neoprene saíram da caixa. Esta actividade, em parceria com o CCP (Clube de Campismo do Porto), não podia ter corrido melhor. O convívio foi excelente, o dia a caminhar para o perfeito e a água, apesar de ainda um bocado fria, límpida e cristalina como dificilmente se encontra em outros rios de Portugal (fotos). É sempre bom ir ao Frades e fica combinado uma visita no próximo dia 22 de Maio de 2010.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Entre Montemuro e o Marão

As Serras de Montemuro e Marão impressionam pela sua imponência, conjugando essa grandiosidade com uma beleza natural que prima pela simplicidade. O planalto de Montemuro, a Lagoa de São João ou a Igreja de São Cristóvão com as suas majestosas vistas sobre o Douro e Marão, foram algumas das belezas naturais e arquitectónicas que tivemos o privilégio de rever neste último curto mas sempre agradável passeio. Para a história ficam as fotos.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

"No Trilho do Lobo"

Sob a orientação e comando do nosso sempre afável e profissional biólogo Pedro Moreira, lá se iniciou a nossa contenda por terras da Serra do Alvão em busca do furtivo Lobo. Com um grupo alegre e um dia perfeito para a execução deste tipo de actividades, acabamos por encontrar o já nosso conhecido pastor da aldeia de Arnal (ver A Vida no Alvão), o qual nos acompanhou durante parte do percurso, partilhando connosco os seus inevitáveis encontros com Lobos, Javalis e outras espécies que habitam esta bonita serra. Erro Crasso em não questionar o seu nome, mas à terceira oportunidade, que certamente ocorrerá, não iremos falhar.
Os indícios de presença de Lobo (assim como de Raposa, Fuinha, Texugo, entre outros) foram abundantes, principalmente excrementos prontamente “dissecados” pelo nosso especialista. Ainda tivemos a oportunidade de observar várias espécies de aves, de onde se destacam as Cotovias, as Gralhas e algumas aves de rapina.
No final da actividade, e como é apanágio das actividades do Nicho Verde, a degustação das delícias gastronómicas da região foi obrigatória, com uma visita à Cabana onde as alheiras e as mouras foram o prato forte.
Para a história fica a certeza de um dia bem passado num Alvão de paisagens únicas (como podem confirmar pelas fotos) e a promessa de voltar assim que a vida nos permitir.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

A Vida no Alvão

Era este reconhecimento no Alvão mais um entre muitos, quando encontro um pastor com dois pequenos cabritos no colo. Como é evidente, a questão sobre tal situação surgiu…com um sempre gentil sotaque transmontano e depois de me oferecer um deles (oferta que tive de recusar depois de pensar duas ou três vezes), foi-me informado que tinham nascido há pouco mais de duas horas e, como tal, ainda não tinham capacidades para se deslocar sozinhos. Após as festas da praxe nos pequenos seres, ambos seguimos os nossos caminhos e a ideia de simpatia, felicidade e orgulho em Portugal perdurou até ao momento em que me sentei para escrever este pequeno texto. Sinceramente, é mais uma daquelas situações de “colecção”. É bom viver em Portugal…

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sustentabilidade Vs Desenvolvimento Social

O Desporto como fenómeno sócio-cultural que contribui para a formação, desenvolvimento e aprimoramento físico, intelectual e psíquico dos seus praticantes (além de criar uma identidade desportiva para uma melhor inclusão social); a Educação, facto observado nas sociedades e nos grupos que as constituem, responsável pela perpetuação e continuidade dos modos culturais e pela adequação do indivíduo às respectivas sociedades; e o Ambiente, que num contexto ecológico, inclui tudo o que afecta directamente o metabolismo ou o comportamento dum ser vivo, incluindo a luz, o ar, a água, o solo e os outros seres vivos que com ele coabitam, são palavras que se distinguem-se pelo seu significado, mas a sua interacção torna-se essencial para qualquer sociedade com perspectivas futuras edificantes e sólidas.
Numa outra perspectiva, a forte litoralização da população Portuguesa, seja pela concentração de actividades económicas no litoral, seja pelo crescente sentimento de repulsa em relação ao interior, tem feito de Portugal um país cada vez mais imponderado e dividido, fazendo esquecer que estes nossos actos contribuem para o incremento da Capacidade de Carga Humana (possibilidade de resposta às necessidades da população sem perda da qualidade de vida), gerando custos económicos, sociais e ambientais.
Cientes destas realidades, é nossa intenção contribuir para uma maior sociabilização e para a redução das assimetrias sociais, mostrando o que de bom existe em Portugal, associando a este novo modo de vida o Desporto, a Educação e o Ambiente, pilares fundamentais de uma sociedade construtiva e sustentável.
Pratique desporto! Conheça Portugal! Ambos merecem…

quarta-feira, 17 de março de 2010

Caminhada Solidária pela Madeira e Haiti

Os clubes de serviço do Concelho de Matosinhos - Lions Clubes e Rotarys Clubes - uniram-se, e com o apoio da Câmara Municipal e da Matosinhos Sport, vão organizar uma Caminhada Solidária na marginal de Leça da Palmeira no dia 28 de Março pelas 10 horas, tendo em vista a angariação de fundos para socorrer as populações da Madeira e do Haiti. Para inscrições podem dirigir-se aos Postos de Turismo de Matosinhos e Leça da Palmeira ou a todas as Juntas de Freguesia do Concelho de Matosinhos. Participem...

segunda-feira, 15 de março de 2010

Passeio de BTT na Gralheira (Serra de Montemuro)

O vento estava gélido, mas o dia estava lindo e com as condições perfeitas para um bom passeio de BTT. Depois dos preparativos iniciais, a contenda começou. Seguimos caminho, saindo da aldeia da Gralheira (Serra de Montemuro) a caminho da aldeia de Panchorra, onde havíamos de encontrar um trilho que nos levaria à lagoa de São João. Com menos ou mais dificuldades, lá fomos percorrendo o nosso caminho até que deparamos com uma subida simples (mas que para nós parecia de 1ª Categoria), onde a nossa Joaquina Agostinha disparou que nem um foguete em direcção ao espaço. Surpreendidos, lá continuamos e passados uns bons metros, deparamos com a nossa desaparecida ciclista de alta competição encostada à berma em dificuldades. Depois de uns bons minutos de risota e apesar de termos encontrado o trilho para a lagoa de São João, decidimos voltar para trás não fosse dar outro “fanico” à nossa Pró. Voltamos e em boa hora o fizemos pois chegamos à hora exacta em que a nossa mesa no Recanto dos Carvalhos estaria pronta. Resumindo, o timing foi perfeito e a comida excelente. Ficam aqui algumas fotos do cenário que encontramos e a promessa que havemos de voltar!

Caminhada nas Quintas das Carvalhas e de Ventozelo

Éramos poucos, mas muito bons. Depois de uma viagem muito conturbada devido a umas derrocadas (umas humanas e outras naturais), lá chegamos ao edifício da administração da Quinta das Carvalhas (Real Companhia Velha). Apesar do aspecto triste do não tão dourado Rio Douro, o dia estava perfeito e com o mapa estrategicamente colocado, partimos à descoberta dos 1000 ha de terreno das imperiosas Quintas das Carvalhas e de Ventozelo. Escusado será dizer que tivemos o privilégio de presenciar das paisagens mais graciosas e aprazíveis existentes em Portugal, como podem constatar pelas fotos e pela presença do cineasta português Manoel de Oliveira (o qual por uma questão de educação não fotografamos), que aproveitava o cenário idílico para uma cena de um seu futuro filme. Finalizamos a nossa “epopeia” com um pequeno repasto no restaurante Papas Zaide (Provesende – Sabrosa), restaurante que aconselha-mos vivamente e onde a amável Dona Graça Monteiro, apesar da hora tardia, nos apresentou iguarias que tencionamos voltar a degustar. As fotos da mesa eram suposto retratar as coisas boas que foram servidas, mas com o bom aspecto que estas tinham e a fome a apertar, a ideia caiu no esquecimento...fica o aspecto final! Venham mais dias assim…

sexta-feira, 12 de março de 2010

Amigo Nicho Verde


Inscreva-se como AMIGO NICHO VERDE e receba informações sobre futuras actividades a realizar.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Desporto Educação Ambiente



O Desporto a Educação e o Ambiente distinguem-se pelo seu significado, mas a sua interacção torna-se essencial para qualquer sociedade com perspectivas futuras edificantes e sólidas.
Numa outra perspectiva, a forte litoralização da população Portuguesa tem transfigurado Portugal, tornando-o num país cada vez mais imponderado e dividido, gerando custos económicos, sociais e ambientais.
Cientes destas realidades, é nossa intenção contribuir para uma maior sociabilização e para a redução das assimetrias sociais, mostrando o que de bom existe em Portugal, associando a este novo modo de vida o Desporto, a Educação e o Ambiente, pilares fundamentais de uma sociedade construtiva e sustentável.
Pratique desporto! Conheça Portugal! Ambos merecem…

Inscreva-se como AMIGO NICHO VERDE e receba informações sobre futuras actividades a realizar.

Nicho Verde
Desporto-Educação-Ambiente